MARLENE
(Vitória Bonaiutti De Martino) 
22/11/1922, São Paulo SP - 13/6/2014, Rio de Janeiro RJ
SITE OFICIAL
FOTOS
VÍDEOS


    De origem humilde, foi interna no Colégio Batista Brasileiro, de São Paulo, dos quatro aos 17 anos. Trabalhava ali mesmo para custear seus estudos e sempre representava a escola nas competições esportivas intercolegiais. Também costumava cantar nas festinhas promovidas pela escola. Começou a carreira como caloura aos 16 anos no programa "Hora do estudante", da Rádio Bandeirantes de São Paulo. Em 1942, estreou profissionalmente cantando na Rádio Tupi paulista, onde adotou o nome artístico de Marlene, inspirado na atriz alemã Marlene Dietrich, estrela do cinema americano. Mudou-se para o Rio de Janeiro em 1943, logo conseguindo trabalho no Cassino de Icaraí, Niterói. Logo depois, assinou contrato com a Rádio Mayrink Veiga e com o Cassino da Urca, integrando seu "cast" até o fechamento dos cassinos, em 1946. Logo começou a trabalhar como crooner do Golden Room do Hotel Copacabana Palace, onde faria uma longa temporada e de onde chegou a estrela principal. Em 1944 participou do filme "Corações sem piloto", de Luís de Barros e em 1945 de "Pif-paf", de Ademar Gonzaga e Luís de Barros. Gravou o primeiro disco em 1946, pela Odeon, interpretando "Swing no morro" (Felisberto Martins e Amado Régis) e "Ginga, ginga, morena" (João de Deus e Hélio Nascimento). Nesse mesmo ano apareceu no filme "Caídos do céu", de Luís de Barros. Em 1947 assinou contrato com a Rádio Globo carioca. Nessa época, fez apresentações na boate Casablanca. Nesse mesmo ano gravou a marchinha "Coitadinho do papai", (Henrique de Almeida e M. Garcez) junto com os Vocalistas Tropicais, e o samba "Um ano depois" (Valdomiro Pereira e Valentina Biosca). Sua carreira começou a decolar com a ida para a Rádio Nacional do Rio de Janeiro, em 1948, onde se tornaria uma das grandes estrelas da MPB. Na Nacional, sua estreia deu-se no "Programa César de Alencar", quando recebeu o "slogan" - "Ela que canta e samba diferente". Gravou nesse mesmo ano pela Continental, os sucessos "Toca Pedroca" (Pedroca - Mário Morais). e "Casadinhos" (Luis Bittencourt - Tuiú), esta cantando em dupla com o radialista César de Alencar. Em 1949, gravou novo disco com a guaracha "Candonga" (Felisberto Martins e Fernando Martins) e o jongo "Conceição da praia" (Aldemar Brandão e Dilu Melo) e foi eleita "Rainha do Rádio", em concurso promovido pela Associação Brasileira de Rádio (ABR), dando início à célebre disputa entre os seus fãs e os de Emilinha Borba, o que provocou uma rivalidade na disputa de títulos e prestígio, muito explorada pela imprensa da época. Rompeu ainda o ciclo de vitórias, acontecido até então, das Irmãs Batista (Linda e Dircinha). Com o prestígio do título, ganhou um programa só seu na Rádio Nacional intitulado "Duas majestades" e um novo horário no "Programa Manuel Barcelos", onde permaneceu como estrela até o fechamento da Rádio Nacional. Nessa emissora, participou de vários programas, entre eles os de Manuel Barcelos, César de Alencar, Paulo Gracindo, bem como "Gente que brilha", "Trem da alegria", "Show dos bairros" e o de José Messias. Gravou, ao lado de Emilinha, desfazendo a rivalidade perante a imprensa, "Eu já vi tudo", de Peterpan, "Casca de arroz", de Arlindo Marques Júnior e Roberto Roberti, no final de 1949, e "A bandinha do Irajá", de Murilo Caldas, em 1950. Outros sucessos seus em 1950 foram o choro "Dona Vera tricotando" (Humberto Teixeira e Luís Gonzaga), o maxixe "Nego, meu amor" (José Maria de Abreu e Luís Peixoto), este em dueto com Ivon Curi, "Casamento de Rosa" (Luís Gonzaga e Zé Dantas), o maracatu "Cabrinda Briante" (Fernando Lobo e Evaldo Rui), o choro "Esposa modelo" (José Maria de Abreu e Carlos Barros de Sousa). Ao longo de 1950, manteve o título de "Rainha do Rádio",  Passou a ser a cantora exclusiva do "Programa Manuel Barcelos", na Nacional (enquanto Emilinha passou a ser exclusiva do de César de Alencar). Lançou com sucesso os baiões "Qui nem jiló" e "Macapá", de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira, em 1950. "Tome polca", de José Maria de Abreu e Luiz Peixoto, foi o seu destaque em 1951. Em 1952 fez grande sucesso com "Lata d'água" e "Sapato de pobre", ambos de Luís Antônio e Jota Júnior, e com a marchinha "Eva", de Haroldo Lobo e Milton de Oliveira. Nesse mesmo ano participou do filme "Tudo Azul", de Moacir Fenelon. Durante as filmagens conheceu o ator Luis Delfino, com quem casou. Passou então a se dedicar ao teatro, estreando na peça "Depois do casamento". Em 1953 gravou "Zé Marmita" (Brasinha e Luís Antônio) e recebeu do jornal carioca O Diário da Noite diploma de Maior Figura do Rádio Brasileiro, e gravou mais alguns sucessos: "Tenho um negócio para te contar" (Silvino Neto) e a versão de "Jambalaya" (Hank Williams). Em 1954, como pretendia se aprimorar no teatro, passou a estudar balé, e no mesmo ano se apresentou em "Angelina e o dentista". Gravou ainda em 1954 mais dez músicas, pela Continental, entre elas "Toma jeito, João" (Luís Bandeira), "É sempre o papai" (Miguel Gustavo) e o clássico "Mora na filosofia", de Monsueto e Arnaldo Passos. Atuou em outra peça em 1955 - "Maya" - e em seguida reduziu um pouco sua atividade artística. Em 1956 foi eleita Favorita da Aeronáutica, título outorgado pela FAB (Força Aérea Brasileira). Em 1958 fez sucesso com a sua gravação de "O apito no samba" (Luís Bandeira - Luis Antônio). Sua gravação de "Brigas nunca mais", de Tom Jobim e Vinícius de Morais, em 1959, teve mais destaque até que a de João Gilberto. Ainda em 1959, a convite da cantora francesa Edith Piaf tornou-se a primeira brasileira a apresentar-se no Teatro Olympia, de Paris. Nesse mesmo ano foi eleita "Cidadã carioca", prêmio outorgado pela Câmara de Vereadores do Distrito Federal. Atuou intensamente no teatro musicado, excursionando pelo exterior e por todo o Brasil em inúmeros espetáculos. Em 1965 recebeu o troféu "IV Centenário da Cidade do Rio de Janeiro", conferido pela Superintendência dos Festejos do IV Centenário do Rio de Janeiro. Afastou-se das atividades totalmente, entre 1965 e 1968, reaparecendo nesse ano, a convite de Paulo Afonso Grisolli e Sidney Miller, como estrela de Carnavália, antologia de músicas de Carnaval, com texto de Eneida e participação de Blecaute e Nuno Roland, no Teatro Casa Grande, do Rio de Janeiro. Em 1969 recebeu o seu primeiro "Troféu Carmen Miranda", criado para premiar os melhores intérpretes de carnaval nos concursos promovidos pelo Museu da Imagem e do Som e patrocinados pela TV Tupi e Secretaria de Turismo do Rio de Janeiro, sendo que Marlene é a única cantora tricampeã e que detém esse troféu. Nesse mesmo ano fez parte do show " Alice no país do Divino maravilhoso", com Sidney Miller, Sueli Costa, Marcos Flaksmann, Paulo Afonso Grisolli, Tite de Lemos e Luís Carlos Maciel, no Teatro Casa Grande. Em 1970, Hermínio Belo de Carvalho chamou-a para fazer o show "É a maior", em que interpretava autores da época (Caetano Veloso, Gilberto Gil, Milton Nascimento) e recebeu o seu segundo "Troféu Carmen Miranda". Foi a estrela de "Marlene olê, olá", dirigida por Haroldo Costa, em 1972, no Teatro Glória. Nesse mesmo ano recebeu o diploma de campeã como puxadora do samba-enredo da Escola de Samba Império Serrano. Em 1973 participou do espetáculo "O botequim", de Gianfrancesco Guarnieri, dirigido por Antônio Pedro, no Teatro Princesa Isabel e neste mesmo ano recebeu seu terceiro "Troféu Carmen Miranda". Em 1974 participou no espetáculo "Te pego pela palavra", show levado, a princípio, na boate Number One, e depois no Teatro João Caetano. Nesse mesmo ano foi eleita a "Madrinha da banda de Ipanema", realização de Albino Pinheiro, quando desfilou no popular bloco de rua carioca ao lado de Martinho da Vila. Em 1977 saiu, pela Polygram, o LP Antologia da marchinha. Em 1985 recebeu o título de "Cidadã Honorária da Cidade do Rio de Janeiro", outorgado pela Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro, por proposição do vereador Mauricio Azêdo e recebeu o "Troféu Funarte", homenagem aos ídolos da Rádio Nacional. Entre 1987 e 1990, foi apresentadora do "Programa Marlene total", na Rádio Ministério da Educação (Funtevê), onde mostrava as raízes da MPB, entrevistando personalidades da música e da cultura em geral. Esse programa foi premiado nos Estados Unidos. Em 1990 recebeu a "Medalha Funarj", conferido pela Funarj (Fundação Nacional de Artes do Rio de Janeiro) pelo conjunto de trabalhos prestados à cidade do Rio de Janeiro. Fez vários depoimentos sobre sua carreira, para o Museu da Imagem e do Som (l968/1972/1985), o Arquivo da Cidade do Rio de Janeiro (l983), o Museu da Imagem e do Som de São Paulo (l993), além de para os livros "Depoimentos", de Simon Khoury, e "A vida de Marlene", de José Carlos Asbeg e Paulo Baiano, este último editado pela Faculdade Estácio de Sá. Em 1993 recebeu a Medalha Tirandentes, outorgada pela Câmara de Deputados do Rio de Janeiro, por iniciativa da deputada Dayse Lucidi e, no mesmo ano, Título de Gratidão da Cidade de São Paulo, outorgada pela Câmara de Vereadores da Cidade de São Paulo, por proposição da vereadora Lydia Correia. Atuando na carreira com menos freqüência, participou em 1996 do show em homenagem aos 90 anos de João de Barro, apresentado no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro. Em 1997, depois de 20 anos, voltou aos estúdios para gravar um CD com músicas de Chico Buarque, João Bosco e outros, e uma inédita, "Estrela da vida", que compôs em parceria com Paulo Baiano, o produtor do disco.A partir de 1997, vem atuando anualmente nos "shows" públicos promovidos pela Prefeitura do Rio, durante os festejos de fim de ano (areias de Copacabana) e do carnaval (Cinelândia), ao lado de um selecionado elenco das chamadas "estrelas da velha guarda". Em 2008 foi lançado o DVD "Marlene - A Rainha e Os Artistas do Rádio", que conta a trajetória de Marlene enquanto faz um paralelo com a história do Rádio da Era de Ouro, e que traz as participações de artistas da época, como Ademilde Fonseca, Carmélia Alves, Ellen de Lima, Bob Nélson e Carminha Mascarenhas, além de cenas de show de Marlene gravado especialmente para o DVD, onde ela canta grandes sucessos como "Lata d'água", "Tome polca" e "Zé Marmita". Marlene faleceu em junho de 2014 no Hospital Casa de Portugal, no Rio de Janeiro, vítima de uma pneumonia, após um tombo em sua residência que levou a uma internação. 

DISCOGRAFIA

AGO/1946 - 78 RPM (Odeon)
1. Swing No Morro (Amado Regis / Felisberto Martins) 
2. Ginga Ginga Moreno (Hélio Nascimento / João de Deus)
FEV/1947 - 78 RPM (Odeon)
1. Coitadinho Do Papai (M. Garcez / Henrique de Almeida) - com Vocalistas Tropicais
2. Um Ano Depois (Valentina Biosca / Waldemar Pereira)
DEZ/1947 - 78 RPM (Star)
1. Subúrbio Da Central (Mário Rossi / Carvalhinho)
2. Gabriela (Waltamir Goulart / Romeu Gentil)
1948 - 78 RPM (Star)
1. Nasci Para Bailar (Joel de Almeida / Fernando Lobo) 
2. Brasil Diferente (Sá Róris / Gadé)
1948 - 78 RPM (Star)
1. Vamos Lá (Alcyr Pires Vermelho / Pedro Caetano) 
2. Palhaço Mais Ou Menos (Ari Monteiro / Ari Follain)
1948 - 78 RPM (Star)
1. Ai Como Sufro 
2. Eu Quero É Movimento
DEZ/1948 - 78 RPM (Star)
1. Fantasia Escocesa (Alberto Ribeiro / Alcyr Pires Vermelho) 
2. Traje A Rigor (Herivelto Martins / J. Costa)
DEZ/1948 - 78 RPM (Star)
1. Caçador (Luis Soberano) 
2. Minha Vitrola (Péricles)
1949 - 78 RPM (Star)
1. Conceição Da Praia (Dilú Mello / Oldemar Magalhães) - com As Três Marias 
2. Candonga (Fernando Martins / Felisberto Martins) - com As Três Marias
JUN/1948 - 78 RPM (Continental)
1. Toca Pedroca (cuidado Amigo) (Mário Morais / Pedroca) 
2. Casadinhos (Augusto Oliveira Pinto "tuiú" / Luis Bittencourt) - com César de Alencar
DEZ/1949 - 78 RPM (Continental)
1. Macapá (Luis Gonzaga / Humberto Teixeira) - com Os Cariocas
2. Qui Nem Jiló (Luis Gonzaga / Humberto Teixeira) - com Os Cariocas
JAN/1950 - 78 RPM (Continental)
1. Eu Já Vi Tudo (Peterpan / Amadeu Veloso) - com Emilinha Borba 
2. Casca De Arroz (Roberto Roberti / Arlindo Marques Júnior) - com Emilinha Borba
JAN/1950 - 78 RPM (Continental)
1. O Passo Do Pingüim (Luis Gonzaga / Humberto Teixeira) 
2. Se É Pecado Sambar (Manoel Santana)
ABR/1950 - 78 RPM (Continental)
1. Ai Gegê (João de Barro / José Maria de Abreu) - Jorge Goulart
2. A Bandinha Do Irajá (Murilo Caldas) - Marlene e Emilinha Borba 
ABR/1950 - 78 RPM (Continental)
1. Dona Vera Tricotando (Humberto Teixeira / Luis Gonzaga) 
2. Nego Meu Amor (Luis Peixoto / José Maria de Abreu) - com Ivon Cury
AGO/1950 - 78 RPM (Continental)
1. Casamento De Rosa (Luis Gonzaga / Zé Dantas) 
2. Cambinda Briante (Fernando Lobo / Evaldo Ruy)
DEZ/1950 - 78 RPM (Continental)
1. Esposa Modelo (Carlos Rêgo Barros de Souza / José Maria de Abreu) 
2. Tome Polca (Luis Peixoto / José Maria de Abreu)
JAN/1951 - 78 RPM (Continental)
1. Estou Com O Diabo No Corpo (Haroldo Lobo / Milton de Oliveira) 
2. Peço Licença (Manoel Santana / Guaraná / Lourival Faissal)
JAN/1951 - 78 RPM (Continental)
1. Sapato De Pobre (Jota Júnior / Luis Antônio)
2. Para O Inferno Ou Para O Céu (Manoel Santana / Lourival Faissal)
MAR/1951 - 78 RPM (Continental)
1. Piririm (Humberto Teixeira / Zé Dantas) - com Trio Melodia e Trio Madrigal 
2. Bandeira De Couro (Humberto Teixeira) - com Trio Melodia e Trio Madrigal
JUN/1951 - 78 RPM (Continental)
1. Vamos À Valsa (Norival Reis / Rutinaldo)
2. Pinheiral (Luis Antônio / Jota Júnior)
SET/1951 - 78 RPM (Continental)
1. Suspiro Que Vai E Vem (Ismael Netto / Manezinho Araújo) - com Ivon Cury
2. Panchito No Mambo (S. Campelo / Nelson Lucena / Murilo Vieira)
DEZ/1951 - 78 RPM (Continental)
1. Tamanqueiro (Manezinho Araújo / Fernando Lobo) 
2. Xô Pato Xô Peru (Aristeu Queiroz)
JAN/1952 - 78 RPM (Continental)
1. Lata D'água (Jota Júnior / Luis Antônio) 
2. Sereia Da Areia (Antônio Almeida / João de Barro)
JAN/1952 - 78 RPM (Continental)
1. Aquele Amor (Geraldo Pereira / Arnaldo Passos) 
2. Eva (Haroldo Lobo / Milton de Oliveira)
JAN/1952 - 78 RPM (Continental)
1. Velho Barrigudo (Caribé da Rocha / Evenor) - Marlene e Jorge Goulart
2. Sua Mulher Vai Ao Baile Comigo (João de Barro / Norival Reis) - Emilinha Borba
JUN/1952 - 78 RPM (Continental)
1. Santo Antônio Não Gosta (Haroldo Lobo / Milton de Oliveira) - Blecaute
2. Canção Das Noivas (Rômulo Paes / Haroldo Lobo) - Marlene
JUN/1952 - 78 RPM (Continental)
1. Tuniquinho (tá Vendo Só) (Ubirajara dos Santos / Luis Vieira) 
2. Luz De Vela (Luis Antônio / Jota Júnior)
JUL/1952 - 78 RPM (Continental)
1. A Lenda Do Paraná (Ubirajara dos Santos / Luis Vieira) 
2. Amanhã Será Tarde Demais (Carvalhinho / Francisco Neto)
DEZ/1952 - 78 RPM (Continental)
1. Só Se Fala Na Baiana (César Siqueira) 
2. Foi Despacho (Sereno)
JAN/1953 - 78 RPM (Continental)
1. Zé Marmita (Brasinha / Luis Antônio) 
2. Marcha Do Sapinho (Humberto Teixeira / Norte Victor)
JAN/1953 - 78 RPM (Continental)
1. Quebra Mar (Adelino Moreira / José Gonçalves / Zilda Gonçalves)
2. Gente Do Morro (Getúlio Macedo / Manoel Santana / Bené Alexandre)
JUN/1953 - 78 RPM (Continental)
1. Eu Vou Pro Ceará (Humberto Teixeira) - com Paulo Tapajós
2. Baião No Deserto (Paulo Tapajós / Abel Ferreira / José Menezes) - com Paulo Tapajós
JUN/1953 - 78 RPM (Continental)
1. Teresinha (Airton Amorim / José Pereira) - Albertinho Fortuna
2. Tenho Um Negócio Pra Te Contar (Silvino Neto) - Marlene
JUN/1953 - 78 RPM (Todamérica)
1. Baião Do Gago (Luis Vieira) 
2. Estrela Miúda (Luis Vieira / João do Vale)
AGO/1953 - 78 RPM (Continental)
1. Meu Baião (Tradicional / Adpt. João de Barro) 
2. Chora Tereré (Luis Vieira)
OUT/1953 - 78 RPM (Continental)
1. Jambalaya (on The Bayou) (Hank Willians / Capitão Furtado) 
2. Telefonando (Getúlio Macedo / Bené Alexandre)
JAN/1954 - 78 RPM (Continental)
1. Patinete No Morro (Luis Antônio) 
2. Funga Funga (Adelino Moreira / José Gonçalves / Zilda Gonçalves)
JAN/1954 - 78 RPM (Continental)
1. Batucada (João de Barro) 
2. Marcha Do Tambor (Jurandi Prates / Evaldo Ruy / Hianto de Almeida)
ABR/1954 - 78 RPM (Continental)
1. Toma Jeito João (Luis Bandeira) 
2. Mariquinha Namoradeira (Caribé da Rocha)
JUL/1954 - 78 RPM (Continental)
1. Gaby Morena (Luis Bandeira)
2. Se É Verdade (Lupicínio Rodrigues)
OUT/1954 - 78 RPM (Continental)
1. É Sempre O Papai (Miguel Gustavo)
2. Zé Da Gota (Luis Vieira)
OUT/1954 - 78 RPM (Continental)
1. Meu Pianinho (Lúcio Alves) 
2. Os Sininhos De Natal (James R. Murray)
JAN/1955 - 78 RPM (Continental)
1. Can Can (João de Barro)
2. Mora Na Filosofia (Arnaldo Passos / Monsueto)
1955 - 78 RPM (Continental)
1. O Lenço Do Chiquinho (Hianto de Almeida / Haroldo de Almeida) - Marlene e Chiquinho e Sua Orquestra
2. Buliçoso (Guido Medina / Mário Teresópolis) - Vivi
ABR/1955 - 78 RPM (Sinter)
1. Dinguilin No Baião (Betinho) 
2. Papai É Do Mambo (papa Loves Mambo) (Luis de França / Manning / Hoffman / Relchner)
JUN/1955 - 78 RPM (Sinter)
1. Canta Menina Canta (Arnaldo Passos / Monsueto) 
2. Mi Papá (Getúlio Macedo / Lourival Faissal)
OUT/1955 - 78 RPM (Sinter)
1. Marlene Meu Bem (Mário Lago) - com Luis Delfino 
2. Saudosa Maloca (Adoniran Barbosa)
DEZ/1955 - 78 RPM (Sinter)
1. Ibrahim Piu Piu (marcha Do Ibrahim) (Miguel Gustavo) 
2. Couro Do Falecido (Monsueto / Jorge de Castro)
DEZ/1955 - 78 RPM (Sinter)
1. A Fruta É Boa (Fausto Guimarães / Arnô Provenzano / Otolindo Lopes)
2. Na Casa Do Corongondó (Arnaldo Passos / Monsueto)
ABR/1956 - 78 RPM (Sinter)
1. Samba Rasgado (Zé Keti / Jaime Silva) 
2. Aperta O Cinto (Jorge de Castro / Monsueto)
AGO/1956 - 78 RPM (Sinter)
1. O Lamento Da Lavadeira (Monsueto / João Violão / Nilo Chagas) 
2. Leva Ele (Álvaro da Silva / Assis Valente)
NOV/1956 - 78 RPM (Sinter)
1. Boas Festas (Assis Valente) 
2. Té Já (Assis Valente)
    Good-bye Boy (Assis Valente)
JAN/1957 - 78 RPM (RCA Victor)
1. Papai Do Céu Castiga (Jota Júnior / Antônio Almeida)
2. Inda Tem Que Rebolar (Antônio Almeida / Zé Tinoco)
JAN/1957 - 78 RPM (RCA Victor)
1. Cão Que Ladra Não Morde (Oldemar Magalhães / Otolindo Lopes / Arnô Provenzano) 
2. Ingratidão (Vera Silva / Jota Júnior / Oldemar Magalhães)

1956 - Marlene apresenta sucessos de Assis Valente (Sinter)
1. Apresentação
2. Recenseamento (Assis Valente)
3. Camisa Listrada (Assis Valente)
4. Cansado de Sambar (Assis Valente) 
    Maria Boa (Assis Valente)
5. E o Mundo Não Se Acabou (Assis Valente)
6. Boas Festas (Assis Valente)
7. Jarro D'água (Assis Valente)
8. Uva de Caminhão (Assis Valente)
9. Té Já (Assis Valente) 
    Good-by Boy (Assis Valente)
ABR/1957 - 78 RPM (Sinter)
1. Jarro D'água (Assis Valente) 
2. E O Mundo Não Se Acabou (Assis Valente)
ABR/1957 - 78 RPM (RCA Victor)
1. Grand Monde Do Crioléu (Ary Barroso)
2. Dora Me Disse (Oldemar Magalhães / Jota Júnior)
JUL/1957 - 78 RPM (RCA Victor)
1. Cindy Oh Cindy (Mário Mendes / Bob Barron / Burt Long) 
2. Saudade Da Bahia (Dorival Caymmi)
NOV/1957 - 78 RPM (RCA Victor)
1. Quero Sambar (Zé Keti) 
2. Minha Candeia (Luis Vieira / João do Vale)
JAN/1958 - 78 RPM (RCA Victor)
1. Fogo Na Marmita (Amado Regis / Monsueto / Aldacir Louro) 
2. Jurei (Edu Rocha / S. Ramos / Milton Legey)
JAN/1958 - 78 RPM (RCA Victor)
1. Macaco Não (Carmen Costa / Mirabeau / Rutinaldo) - Carlos Galhardo
2. Foi O Fim (Nilton Ribeiro / Mirabeau / Jorge Gonçalves) - Marlene
JUN/1958 - 78 RPM (RCA Victor)
1. Biá Tá Tá (Hekel Tavares) 
2. Eu Subi (João da Bahiana / Príncipe Pretinho)
AGO/1958 - 78 RPM (Odeon)
1. O Gondoleiro (le Gondolier) (Pete de Angelis / J. Broussolle / Vrs. Sergio Porto) 
2. Canoeiro (Dorival Caymmi)
SET/1958 - 78 RPM (Odeon)
1. L'edera (merci) (Seracini / D'aquisto / Vrs. Armando Louzada) 
2. Bom Que Dói (Luis Bonfá / Aloysio de Oliveira)
DEZ/1958 - 78 RPM (Odeon)
1. Chaminé De Barracão (Monsueto / José Batista) 
2. Vou Nas Águas (Raul Sampaio / Benil Santos)
JAN/1959 - 78 RPM (Odeon)
1. O Apito No Samba (Luis Bandeira / Luis Antônio) 
2. O La Lá Bambolê (samba Do Bambolê) (Luis Bittencourt / Marival)
ABR/1959 - 78 RPM (Odeon)
1. Cumaná (Hillman / Spina / Barclay / Vrs. Aloysio de Oliveira)
2. Chove (piove) (Domenico Modugno / Verde / Vrs. David Nasser)
AGO/1959 - 78 RPM (Odeon)
1. Brigas Nunca Mais (Tom Jobim / Vinicius de Moraes) 
2. Erros De Gramática (Marino Pinto / Carlos Lyra)
SET/1959 - 78 RPM (Odeon)
1. Gimba (Gianfrancesco Guarnieri / Jorge Kaszas) 
2. A Banda Do Papai (Fonseca Filho)

1959 - Explosiva (Odeon)
1. Cumaná (Barclay Ailen / H. Spina / Vrs. Aloysio de Oliveira)
2. Como Antes (Come Prima) (Pangeri di Paola / Taccani / Vrs. Julio Nagib)
3. Bom Que Dói (Luis Bonfá / Aloysio de Oliveira)
4. Calipso Italiano (Calypso Italiano) (Wanda Manel / Vrs. Fred Jorge)
5. Olalá Bambolê (Luis Bittencourt / Tuyú)
6. Chuva (Piove) (Modugno / Vrs. David Nasser)
7. Apito no Samba (Luis Antônio / Luis Bandeira)
8. Brigas Nunca Mais (Tom Jobim / Vinicius de Moraes)
9. L'edera (Mercy) (Seracini / D. Aquintro / Vrs. Armando Louzada)
10. Canoeiro (Dorival Caymmi)
11. Erros de Gramática (Marino Pinto / Carlos Lyra)
12. O Gondoleiro (Le Gondolier) (De Angelis / Vrs. Sergio Porto)
MAI/1960 - 78 RPM (Odeon)
1. Show De Amor (Hianto de Almeida / Chico Anísio) 
2. Olha Que Lua (guarda Che Luna) (Elgos / Malgoni / Vrs. Lourival Faissal)

1960 - Caixinha de Saudade com Marlene (Odeon)
1. Esquina do Pecado (Francisco Matoso)
2. Isso É Lá Com Santo Antônio (Lamartine Babo)
3. Aí Heim (Lamartine Babo / Paulo Valença)
4. Marchinha do Amor (Lamartine Babo)
5. Rio (Lamartine Babo / Hervé Cordovil)
6. Galanteria (Joubert de Carvalho / Olegário Mariano)
7. Bom Dia Meu Amor (Olegário Mariano / Joubert de Carvalho)
8. Absolutamente (Joubert de Carvalho)
9. Amor Amor (Joubert de Carvalho)
10. Primavera no Rio (João de Barro)
11. Cartinha Cor de Rosa (João de Barro)
12. Um Pouquinho de Amor (Joubert de Carvalho)
1962 - 78 RPM (Momo)
1. Bububu No Bobobó (Armando Cavalcanti / Ivo Santos) 
2. O Nosso Amor (Vinicius de Moraes / Tom Jobim)
JAN/1963 - 78 RPM (Continental)
1. Twist No Carnaval (João de Barro / Jota Júnior) 
2. Alguém (Luis Reis / Haroldo Barbosa)
1963 - 78 RPM (Continental)
1. Rio (Ronaldo Bôscoli / Roberto Menescal) 
2. Nosso Cantinho (Jair Amorim / Evaldo Gouveia)
DEZ/1963 - 78 RPM (Continental)
1. Garota Biquini (Jota Júnior / João de Barro)
2. Um Instante Maestro (Klécius Caldas / Armando Cavalcanti)
DEZ/1963 - 78 RPM (Continental)
1. Vamos Pro Mato Caçar (Antônio Almeida) - Marlene e Ruy Rey
2. A Boca É Boa (Ruy Rey / José Batista) - Ruy Rey

1963 - Sa-sa-ruê - Novo Rítmo com Marlene (COMPACTO) (Continental)
1. Sa-sa-ruê (Marino Pinto / Pernambuco)
2. Quem Me Deu A Flor (Marino Pinto / Pernambuco)
3. Vamos Sa-sa-ruá (Marino Pinto / Pernambuco)
4. Sa-sa-rúa Meu Bem (Marino Pinto / Pernambuco)

1963 - Sa-Sa-Ruê (Continental) - com Pernambuco e Sua Orquestra
1. ABC do Sassaruê (Marino Pinto / Pernambuco) Marlene
2. Denguinho (Marino Pinto / Pernambuco) Marlene
3. Sa-ra-ruê (Marino Pinto / Pernambuco) Marlene
4. Quem Me Deu a Flor (Marino Pinto / Pernambuco) Marlene
5. Vamos Sa-sa-ruá (Marino Pinto / Pernambuco) Marlene
6. Sa-sa-ruá Meu Bem (Marino Pinto / Pernambuco) Marlene
7. Neguinha Rafiné (Marino Pinto / Pernambuco) Pernambuco
8. Yayá Coquê (Marino Pinto / Pernambuco) Pernambuco
9. Birutinha (Marino Pinto / Pernambuco) Pernambuco
10. Taboada do Juquinha (Marino Pinto / Pernambuco) Pernambuco
11. Vovó Legal (Marino Pinto / Pernambuco) Pernambuco
12. Sultão de Bagdad (Marino Pinto / Pernambuco) Pernambuco
1966 - COMPACTO (Philips)
1. Cartão Das Flores
2. Maria Sem João
1967 - COMPACTO (Philips)
1. A Musiquinha 
2. Fecharam Mais Um
SD - COMPACTO (Philips)
1. Pai De Santo (Jota Júnior / Vicente Longo) - Jair Rodrigues
2. Abença Vovó (Dora Lopes / Renato Araújo) - Marlene

1968 - Carnavália - Eneida conta a história do carnaval Vol. 1 (Museu da Imagem e do Som) - com Blecaute e Nuno Roland
1. Abertura Carnavalesca: 
    Se É Pecado Sambar (Manoel Santana) 
    É Com Este Que Eu Vou (Pedro Caetano) 
    Tumba Lê Lê (Risadinha / Nilton Neves / Jarbas Reis) 
    Na Cadência do Samba (Ataulfo Alves / Paulo Gesta) 
    Império do Samba (Zé da Zilda / Zilda do Zé) 
    Eu Brinco (Pedro Caetano / Claudionor Cruz)
2. Esbôço Histórico do Carnaval e Suas Músicas Antológicas: 
    O Abre Alas (Chiquinha Gonzaga) 
    Pelo Telefone (Donga / Mauro de Almeida) 
    O Pé de Anjo (J. B. da Silva "Sinhô") 
    Taí (Joubert de Carvalho) 
    Na Pavuna (Almirante / Homero Dornelas) 
    Marchinha do Grande Galo (Lamartine Babo / Paulo Barbosa) 
    Palpite Infeliz (Noel Rosa) 
    Não Tenho Lágrimas (Max Bulhões / Milton de Oliveira) 
    Cai Cai (Roberto Martins) 
    Se Acaso Você Chegasse (Lupicínio Rodrigues / Felisberto Martins) 
    Jura (J. B. da Silva "Sinhô") 
    Mamãe Eu Quero (Jararaca / Vicente Paiva) 
    As Pastorinhas (Noel Rosa / João de Barro)
3. A Dor de Cotovelo no Carnaval: 
    Implorar (Kid Pepe / Germano Augusto / Gaspar) 
    Abre a Janela (Arlindo Marques Júnior / Roberto Roberti) 
    Agora É Cinza (Alcebíades Barcelos "Bide" / Armando "Marçal") 
    Meu Consolo É Você (Antônio Nássara / Roberto Martins) 
    Atire a Primeira Pedra (Ataulfo Alves / Mário Lago) 
    Até Amanhã (Noel Rosa) 
    Mal-me-quer (Cristóvão de Alencar / Newton Teixeira)
4. Ainda a Dor de Cotovelo no Carnaval: 
    Não Me Diga Adeus (Luis Soberano / João Correia da Silva / Paquito) 
    Pois É (Ataulfo Alves) 
    O Nosso Amor (Tom Jobim / Vinicius de Moraes) 
    Mora na Filosofia (Monsueto / Arnaldo Passos) 
    Se Eu Errei (Risadinha / Humberto de Carvalho / Edu Rocha) 
    A Lua É dos Namorados (Armando Cavalcanti / Klécius Caldas / Brasinha) 
    Recordar (Aldacir Louro / Aloísio Marins / Adolfo Macedo)
5. A Saudade dos Mortos no Carnaval: 
    Madureira Chorou (Carvalhinho / Julio Monteiro) 
    Vai Que Depois Eu Vou (Adolfo Macedo / Zé da Zilda / Zilda do Zé / Airton Borges) 
    Zum Zum Zum (Fernando Lobo / Paulo Soledade)
6. As Músicas de Protesto no Carnaval: 
    Zé Marmita (Luis Antônio / Brasinha)
    O Orvalho Vem Caindo (Noel Rosa / Kid Pepe) 
    Barracão (Luis Antônio / Oldemar Magalhães) 
    Chora Doutor (J. Piedade / O. Gazzanero / J. Campos) 
    Sapato de Pobre (Luis Antônio / Jota Júnior) 
    Lata D'água (Luis Antônio / Jota Júnior)
7. A Sátira no Carnaval: 
    Maria Escandalosa (Armando Cavalcanti / Klécius Caldas) 
    Maria Candelaria (Armando Cavalcanti / Klécius Caldas) 
    Tomara Que Chova (Paquito / Romeu Gentil) 
    Pedreiro Waldemar (Roberto Martins / Wilson Batista) 
    Daqui Não Saio (Paquito / Romeu Gentil) 
    Sassaricando (Luis Antônio / Oldemar Magalhães / Zé Mário)

1968 - Carnavália - Eneida conta a história do carnaval Vol. 2 (Museu da Imagem e do Som) - com Blecaute e Nuno Roland
1. A Bebida no Carnaval:
    Sacarrolha (Zé da Zilda / Waldir Machado) 
    Quem Sabe Sabe (Joel de Almeida / Carvalhinho) 
    É Bom Parar (Rubens Soares / Noel Rosa) 
    Cachaça (Mirabeau)
2. Os Bichos no Carnaval:
    Upa-upa (Meu Trolinho) (Ary Barroso) 
    Piriquitinho Verde (Antônio Nássara / Sá Róris) 
    Gato na Tuba (João de Barro / Alberto Ribeiro)
3. Músicas Humorísticas no Carnaval: 
    Minueto (Herivelto Martins / Benedito Lacerda) 
    Tiroleza (Paulo Barbosa / Osvaldo Santiago) 
    Touradas Em Madri (João de Barro / Alberto Ribeiro) 
    Balzaqueana (Antônio Nássara / Wilson Batista) 
    Alá Lá Ô (Haroldo Lobo / Antônio Nássara) 
    A Marcha do Gago (Klécius Caldas / Armando Cavalcanti) 
    General da Banda (Sátiro de Melo / José Alcides) 
    Pirulito (João de Barro / Alberto Ribeiro)
4. Vultos de Mulher no Carnaval:
    Rosa Maria (Eden Silva / Aníbal Silva) 
    Madalena (Ari Macedo / Airton Amorim) 
    Ai Que Saudades da Amélia (Ataulfo Alves / Mário Lago) 
    Aurora (Mário Lago / Roberto Roberti)
5. O Nú no Carnaval: 
    Eva (Haroldo Lobo / Milton de Oliveira) 
    Papai Adão (Klécius Caldas / Armando Cavalcanti) 
    Chiquita Bacana (João de Barro / Alberto Ribeiro)
6. O Mar no Carnaval: 
    Lancha Nova (João de Barro) 
    Quebra Mar (Zé da Zilda / Adelino Moreira) 
    Pescador (Haroldo Lobo / Milton de Oliveira) 
    Pirata da Perna de Pau (João de Barro)
7. A Escola de Samba e os Blocos: 
    Mangueira Querida (Constantino Silva "Secundino") 
    Despedida de Mangueira (Aldo Cabral / Benedito Lacerda) 
    Praça Onze (Herivelto Martins / Grande Otelo) 
    Ôba (Oswaldo Nunes)
8. Imagens Variadas do Amor no Carnaval:
    Confete (David Nasser / Jota Júnior) 
    A Fonte Secou (Monsueto) 
    Estrela do Mar (Paulo Soledade / Marino Pinto) 
    A Jardineira (Benedito Lacerda / Humberto Porto)
9. Os Cabelos no Carnaval e Encerramento:
    A Cabeleira do Zezé (Roberto Faissal / J. Roberto) 
    Nós os Carecas (Roberto Roberti / Arlindo Marques Júnior) 
    Teu Cabelo Não Nega (Lamartine Babo / Irmãos Valença) 
    Cidade Maravilhosa (André Filho)

1970 - É a maior (Fermata)
1. A Onda (Mário Lago)
2. Para o Inferno Ou Pro Céu (Manoel Santana / Lourival Faissal) 
    Se É Pecado Sambar (Manoel Santana) 
    Mustang Cor de Sangue (Marcos Valle / Paulo Sergio Valle) 
    Lata D'água (Luis Antônio / Jota Júnior) 
    Cansado de Sambar (Assis Valente) 
    País Tropical (Jorge Ben) 
    Meu Pai Amarrou Meus Olhos (Tradicional) 
    Tropicália (Caetano Veloso)
3. Fez Bobagem (Assis Valente) 
    Recenseamento (Assis Valente) 
    Uva de Caminhão (Assis Valente)
4. Qui Nem Jiló (Humberto Teixeira / Luis Gonzaga)
5. Coração Vagabundo (Caetano Veloso)
6. Inimigo do Batente (Wilson Batista / Germano Augusto)
7. Máscara da Face (Klécius Caldas / Armando Cavalcanti) 
    Mora na Filosofia (Monsueto / Arnaldo Passos) 
    Vagabundo (Mário Amorim / Evaldo Ruy) 
    Pode Ser (Maurício Tapajós / Hermínio Bello de Carvalho)
8. Jóia Falsa (Evaldo Ruy) 
    Eu Fui à Europa (Chiquinho Sales) 
    Atrás do Trio Elétrico (Caetano Veloso)
9. Beco do Mota (Milton Nascimento / Fernando Brant)
10. Queixa (Com o Diabo no Corpo) (Maurício Tapajós / Hermínio Bello de Carvalho) 
      Lata D'água (Luis Antônio / Jota Júnior) 
      Irene (Caetano Veloso)
1971 - COMPACTO (Todamérica)
1. Bloco da Solidão (Jair Amorim / Evaldo Gouveia)
2. Festa Para Um Rei Negro (Samba-enredo Salgueiro) (Zuzuca)

1973 - Botequim (RGE) - com Toquinho e Gianfrancesco Guarnieri
1. Quem Sabe Mais (Toquinho / Gianfrancesco Guarnieri) Marlene
2. Esperando Por Você (Toquinho / Gianfrancesco Guarnieri) Toquinho
3. Canção do Medo (Toquinho / Gianfrancesco Guarnieri) Marlene
4. Meu Tempo e Castro Alves (Toquinho / Gianfrancesco Guarnieri) Toquinho
5. Sou Assim (Toquinho / Gianfrancesco Guarnieri) Marlene
6. Um Grito Parado no Ar (Toquinho / Gianfrancesco Guarnieri) Toquinho 
7. Quanto Vale Uma Criança (Toquinho / Gianfrancesco Guarnieri) Toquinho e Marlene
8. Embolada no Carrapato (Toquinho / Gianfrancesco Guarnieri) Gianfrancesco Guarnieri
9. Mesa de Bar (Toquinho / Gianfrancesco Guarnieri) Marlene
10. Dane-se (Toquinho / Gianfrancesco Guarnieri) Marlene
11. Vem Amor Vem Vingança (Toquinho / Gianfrancesco Guarnieri) Toquinho
12. Bobeou Não Vai Entender (Toquinho / Gianfrancesco Guarnieri) Toquinho

1974 - Te pego pela palavra (Odeon)
1. Lata D'água (Luis Antônio / Jota Júnior) 
    Zé Marmita (Luis Antônio / Brasinha) 
    Pra Quem Quiser Cantar (Haroldo Barbosa) 
    Se É Pecado Sambar (Manoel Santana) 
    Canção do Medo (Toquinho / Gianfrancesco Guarnieri) 
    Primeira Bateria (Taiguara) 
    Bloco do Dodô Crioulo (Nilton Paz / Ivone Rebelo) 
    Dois Pra Lá Dois Pra Cá (João Bosco / Aldir Blanc) 
    Ronda (Paulo Vanzolini) 
    Cabaré (João Bosco / Aldir Blanc) 
    Na Subida do Morro (Moreira da Silva / Ribeiro Cunha) 
    Pra Onde Vai Valente (Manezinho Araújo) 
    Serenô (Antônio Almeida) 
    Mané Fogueteiro (João de Barro) 
    Debaixo do Sol (Eduardo Souto Neto / Geraldo Carneiro)
2. Rock'n Roll (Vital Lima) 
    Beguine Dodói (João Bosco / Aldir Blanc) 
    Resistindo (João Bosco / Aldir Blanc) 
    O Trem Chegou (Hervé Cordovil) 
    Trem de Alagoas (Waldemar Henrique / Ascenso Ferreira) 
    Ponta de Areia (Milton Nascimento / Fernando Brant) 
    O Trem (Você Se Lembra Daquela Nega Maluca Que Desfilou Nua Pelas Ruas de Madureira) (Gonzaguinha) 
    Cabra Cega (Sarah / Tony Bahia / Ray) 
    O Chefão (João Bosco / Aldir Blanc) 
    Galope (Gonzaguinha) 
    Meu Coração É Um Pandeiro (Gonzaguinha) 
    Roupa Prateada (Zé Rodrix) 
    Catedral do Inferno (Cartola / Hermínio Bello de Carvalho) 
    Se É Pecado Sambar (Manoel Santana)

1974 - COMPACTO (Odeon)
1. Pra Onde Vai, Valente (Manezinho Araújo)
2. Ronda (Paulo Vanzolini)

1977 - Antologia da Marchinha (Philips)
1. Joubert de Carvalho:
    Tahí (Pra Você Gostar de Mim) (Joubert de Carvalho) 
    Amor Amor (Joubert de Carvalho) 
    Absolutamente (Joubert de Carvalho / Olegário Mariano) 
    Bom Dia Meu Amor (Joubert de Carvalho / Olegário Mariano)
2. João de Barro:
    Primavera no Rio (João de Barro) 
    Moreninha da Praia (João de Barro) 
    Linda Mimi (João de Barro) 
    Cartinha Cor de Rosa (João de Barro / Alberto Ribeiro)
3. Noel Rosa:
    Você Por Exemplo (Noel Rosa) 
    Não Resta a Menor Dúvida (Noel Rosa / Hervé Cordovil)
4. Tom Jobim:
    Eu Preciso de Você (Tom Jobim / Aloysio de Oliveira) 
    Frevo do Orfeu (Tom Jobim / Vinicius de Moraes)
5. Francisco Mattoso:
    Esquina do Pecado (Francisco Matoso)
6. Chico Buarque: 
    A Banda (Chico Buarque) 
    Não Existe Pecado ao Sul do Equador (Chico Buarque / Ruy Guerra)
7. Assis Valente:
    Badaladas (Assis Valente) 
    Boas Festas (Assis Valente) 
    Good Bye Boy (Assis Valente)
8. Lamartine Babo: 
    Marchinha do Amor (Lamartine Babo) 
    A E I O U (Lamartine Babo / Noel Rosa) 
    Aí Hein (Lamartine Babo / Paulo Valença)
9. Ary Barroso: 
    Yayá Boneca (Ary Barroso) 
    Como ''Vaes'' Você (Ary Barroso) 
    Upa Upa (Meu Trolinho) (Ary Barroso)
10. Custódio Mesquita: 
      Se a Lua Contasse (Custódio Mesquita) 
      A Lua Fez Feriado (Custódio Mesquita)

1984 - COMPACTO (Studio V)
1. O Samba É Fogo (Nei Lopes / Sereno)
2. Rojão (Noca da Portela / Sergio Fonseca)

1988 - Os ídolos do rádio volume VII - Marlene (Collector's)
1. Luar e Batucada (Tom Jobim / Newton Mendonça) 
2. Recenseamento (Assis Valente) 
3. Coitadinho do Papai (Henrique de Almeida / M. Garcez)
4. Se É Pecado Sambar (Manoel Santana) 
5. Panchito no Mambo (S. Campelo / Murilo Vieira / Newton Lucena)
6. Segura a Saia (Dilú Mello) 
7. Oi Que Tá Bom Tá (Humberto Teixeira / Lauro Maia) 
8. Nego Saliente (Max Nunes / Mário Brazini) - com Grande Otelo
9. Nego Meu Amor (José Maria de Abreu / Luis Peixoto) - com Ivon Cury
10. Luz de Vela (Jota Júnior) I- com Paulo Gracindo
11. Xamêgo (Luis Gonzaga / Miguel Lima) 
12. Sho-sho Shojoji (Tradicional) 
13. Pinheiral (Luis Antônio / Jota Júnior) 
14. Tamanqueiros (Manezinho Araújo / Fernando Lobo) 
15. Nego Sem Vergonha (Ary Barroso) - com Chocolate

1998 - Estrela da Vida (Leblon Records)
1. Apito No Samba (Luis Bandeira / Luis Antônio)
2. Galope (Gonzaguinha)
3. Nasci Para Bailar (Fernando Lobo / Joel de Almeida) 
    Boogie Woogie Na Favela (Denis Brean)
4. Olha (Roberto Carlos / Erasmo Carlos)
5. Uma Canção Desnaturada (Chico Buarque)
6. Surabaya Johnny (Kurt Weill / Bertold Brecht / Vrs. Aldir Blanc / Vrs. Moacyr Luz)
7. Geni E O Zeppelin (Chico Buarque)
8. Ronco Da Cuíca (João Bosco / Aldir Blanc)
9. Garoto (Autor Desconhecido)
10. Meu Guri (Chico Buarque)
11. Como Uma Onda (Lulu Santos / Nelson Motta)
12. Qui Nem Jiló (Luis Gonzaga / Humberto Teixeira)
13. A Bahia Te Espera (Herivelto Martins / Chianca de Garcia)
14. Estrela Da Vida (Marlene / Paulo Baiano / Zé Carlos Asbeg)

2008 - Marlene - A Rainha e Os Artistas do Rádio (Viva!) *
1. Meu guri (Chico Buarque) Marlene
2. Aquarela do Brasil (Ary Barroso) Cris Delanno 
3. Tome polca (Luis Peixoto / José Maria de Abreu) Marlene
4. Samba da madrugada (Carminha Mascarenhas / Dora Lopes / Herotides) Carminha Mascarenhas e Mariana Belém
5. Qui nem jiló (Luis Gonzaga / Humberto Teixeira) Marlene
6. Se queres saber (Peterpan) Thaís Bonizzi
7.
Lata d'água (Luis Antônio / Jota Júnior) Marlene
8.
Asa branca (Luis Gonzaga / Humberto Teixeira) Carmélia Alves
9.
Boi Barnabé (Victor Simon / Bob Nelson) Bob Nélson
10.
Brasileirinho (Waldir Azevedo / Pereira Costa) Ademilde Fonseca e Eimar Fonseca
11.
A noite do meu bem (Dolores Duran) Ellen de Lima
12.
Chiquita Bacana (João de Barro / Alberto Ribeiro) Thaís Bonizzi
13.
Zé Marmita (Luis Antônio / Brasinha) Marlene
14.
Geni e o Zepelin (Chico Buarque) Marlene
15.
Galope (Gonzaguinha) Marlene
16.
Como uma onda (Lulu Santos / Nelson Motta) Marlene
17. Alegria (Assis Valente) Instrumental


* CD incluido com o DVD

DVD


2008 - Marlene - A Rainha e Os Artistas do Rádio (Viva!)
1. Lata d'água (Luis Antônio / Jota Júnior) Marlene
2. Zé Marmita (Luis Antônio / Brasinha) Marlene
3. Galope (Gonzaguinha) Marlene
4. Meu guri (Chico Buarque) Marlene
5. Como uma onda (Lulu Santos / Nelson Motta) Marlene
6. Tome polca (Luis Peixoto / José Maria de Abreu) Marlene
7. Geni e o Zepelin (Chico Buarque) Marlene
8. Asa branca (Luis Gonzaga / Humberto Teixeira) Carmélia Alves
9. Brasileirinho (Waldir Azevedo / Pereira Costa) Ademilde Fonseca e Eimar Fonseca
10. Aquarela do Brasil (Ary Barroso) Cris Delanno 
11. Se queres saber (Peterpan) Thaís Bonizzi
12. Chiquita Bacana (João de Barro / Alberto Ribeiro) Thaís Bonizzi
13. Boi Barnabé (Victor Simon / Bob Nelson) Bob Nélson
14. A noite do meu bem (Dolores Duran) Ellen de Lima
15. Samba da madrugada (Carminha Mascarenhas / Dora Lopes / Herotides) Carminha Mascarenhas e Mariana Belém

BIOGRAFIA

Marlene, A Incomparável - Coleção Aplauso (Diana Aragão)
Imprensa Oficial