CÁTIA DE FRANÇA
(Catarina Maria de França Carneiro)
13/12/1947, João Pessoa PB  
FOTOS 
VÍDEOS 

    Interessada por música desde a infância, Cátia de França estudou violão, piano, sanfona, percussão e flauta. Viajou para a Europa no final da década de 60, tendo feito parte de um grupo folclórico nesse período. Retornou para o Brasil em 1970 e em seguida gravou um compacto com algumas músicas que tinham sido vencedoras de concursos de música estaduais, no estado da Paraíba. Foi professora de música e em meados dos anos 70 começou a fazer composições com o poeta Diógenes Brayner. Mudou-se para o Rio de Janeiro, onde travou contato com outros artistas nordestinos que logo em seguida iriam chegar ao sucesso, como Sivuca, Zé Ramalho, Amelinha e Xangai. Em 1975 teve uma composição na trilha sonora do filme "Cristais de Sangue". Em 1978 Amelinha gravou sua composição "Coito das araras" no LP "Frevo Mulher". Gravou o primeiro LP, 20 Palavras Ao Redor do Sol", em 1979 pela CBS, no qual gravou sua composição mais famosa, "Kukukaya (Jogo da asa da bruxa)", também gravada no mesmo ano por Elba Ramalho no LP "Ave de Prata". Em 1980 gravou o segundo LP, "Estilhaços", que traz a participação especial de Clementina de Jesus na faixa "Meu boi surubim" (Cátia de França). Nesse ano participou do Projeto Pixinguinha, se apresentando ao lado de Jackson do Pandeiro. Em 1983 Cátia de França trabalhou na trilha sonora do Filme "Paraíba, Mulher Macho", da cineasta Tizuka Yamasaki. O terceiro LP, "Feliz Demais", foi lançado em 1985. Em 1990 a cantora fixou residência na Paraiba, onde é membro da ONG e do Projeto Malagueta, que tem como finalidade a preservação e divulgação do acervo cultural paraibano. O quarto LP, "Avatar", foi gravado em 1998. Em 2005 gravou o CD "Cátia de França Canta Pedro Osmar", mas este não foi lançado comercialmente. Cátia de França também escreveu alguns livros, "Zumbi em Cordel", o infantil "Falando de Natureza Naturalmente", "A Peleja de Lampião Contra a Fibra Ótica" e "Manual da Sobrevivência". Em 2006 recebeu em reconhecimento por sua contribuição para a arte e cultura da Paraíba, a medalha Augusto dos Anjos da Assembleia Legislativa do Estado. Em 2007 recebeu o Prêmio de Maestra das Artes, também concedido pelo Governo do Estado da Paraíba. Em 2012 Cátia lançou o CD independente "No Bagaço Da Cana / Um Brasil Adormecido".

DISCOGRAFIA


1979 - 20 Palavras Ao Redor do Sol (Epic / CBS)
1. O Bonde (Cátia de França)
2. Quem Vai Quem Vem (Cátia de França)
3. Vinte Palavras ao Redor do Sol (Cátia de França)
4. Djaniras (Cátia de França / Israel Semente / Xangai)
5. Kukukaya (Jogo da Asa da Bruxa) (Cátia de França)
6. Itabaiana (Cátia de França)
7. Porto de Cabedelo (Cátia de França)
8. Ensacado (Cátia de França / Sergio Natureza)
9. Coito das Araras (Cátia de França)
10. Os Galos (Cátia de França)
11. Sustenta a Pisada (Cátia de França)
12. Eu Vou Pegar o Metrô (Cátia de França / Lourival Lemes)

1980 - Estilhaços (Epic / CBS)
1. Panorama (Cátia de França)
2. Menina Passarinho (Cátia de França)
3. Porque É da Natureza (Cátia de França / Abel Silva)
4. Hoje Tem Futebol (Cátia de França)
5. Ludovina (Cátia de França)
6. Meu Boi Surubim (Cátia de França) - com Clementina de Jesus
7. Estilhaços (Cátia de França / Flávio Nascimento)
8. Não Marque as Horas (Cátia de França / Marconi Notaro)
9. Ponta Do Seixas (Cátia de França)
10. Dança das Lanças (Cátia de França)
11. Poço das Pedras (Cátia de França)
12. Não Há Guarda-chuva (Cátia de França / João Cabral de Melo Neto)

1985 - Feliz Demais (Continental)
1. Outro Rosto (Cátia de França)
2. Serenas Águas (Cátia de França)
3. Feliz Demais (Cátia de França)
4. Minha Vida É Uma Rede (Cátia de França)
5. Vamos Dar as Mãos (Cátia de França)
6. Geração (Cátia de França)
7. Do Outro Lado da Baía (Cátia de França)
8. Meu Pensamento (Cátia de França)
9. Considerando (Cátia de França)
10. Iorubá (Cátia de França / Tonho Baixinho)

1996 - Avatar (Acácia)
1. Avatar (Cátia de França)
2. Rogaciano (Cátia de França / Manoel de Barros)
3. Dança das Lanças (Cátia de França)
4. Lá Vem Batista (Cátia de França)
5. Não Marque as Horas (Cátia de França / Marconi Notaro)
6. Panorama (Cátia de França)
7. Antoninha Me Leva (Cátia de França / Manoel de Barros) - com Xangai
8. Joana Pé De Chita (Cátia de França)
9. Kukukaya (Jogo da Asa da Bruxa) (Cátia de França)
10. Coito das Araras (Cátia de França)- com Chico César
11. Apuleio (Cátia de França / Manoel de Barros)
12. Coisas Do Campo (Cátia de França) - com Xangai
13. Ponta Do Seixas (Cátia de França) - com Quinteto da Paraíba

2012 - No Bagaço Da cana / Um Brasil Adormecido (Independente)
1. O Bonde (Cátia de França)
2. Tangerinos (Cátia de França)
3. Ludovina (Cátia de França)
4. Coroné Zé Paulino (Cátia de França)
5. Poço das Pedras (Cátia de França)
6. Rio Paraíba (Cátia de França)
7. Focinho de Lebre do Coração (Cátia de França)
8. Canavial (Cátia de França)
9. Engenho Novo (Cátia de França)
10. Moleque Ricardo (Cátia de França)
11. Teresa Beiçuda (Cátia de França)
12. Itabaiana (Cátia de França)

2016 - Hóspede Da Natureza (Porangateté)
1. Hóspede da Natureza (Cátia de França)
2. Minha Vida É Uma Rede (Cátia de França)
3. Lagarto Ao Sol (Cátia de França)
4. Geração (Cátia de França)
5. Gaivota (Cátia de França)
6. Pra Doer (Cátia de França / Júlio Sortica)
7. Evidências (Cátia de França / Mônica Dantas)
8. Tramas da Cidade (Cátia de França)
9. Rua do Ouvidor (Cátia de França)
10. Rio Capibaribe (Cátia de França)
11. Luvana (Cátia de França)
12. Debaixo da Tamarineira (Cátia de França)
      Ô, Mateu (Cátia de França)
13. Trator (Cátia de França)
      As Águas Que Correram dos Meus Óio (Cátia de França)
14. Sombra Boa (Cátia de França / Manoel de Barros)